Na meditação Devekut você não usa as palavras, usa apenas a mente, a força do pensamento, já na meditação usando o verbo divino você usa a palavra que é sagrada em todas as religiões e em todas as formas de magia.

A meditação usando o verbo, usando a laringe criadora, o vórtice de energia sobre a laringe que comanda as glândulas do corpo humano situadas na garganta tem um impacto poderoso sobre nossa alma.

Na cultura indiana eles chamam de mantras a repetição de palavras usando a voz, na Cabala é a meditação do verbo divino. Os cabalistas usam expressões sagradas e nomes divinos nesta meditação.

A meditação usando a voz é proativa e atua sobre a terra e sobre o cosmos. O verbo divino é sagrado e o uso dele tem influencia na harmonia do universo contribuindo para trazer a luz sobre o planeta, sobre toda a humanidade, a natureza e especialmente sobre a vida do que medita e de sua família.

O verbo divino pronunciado na meditação faz o corpo entrar em vibração integrando a alma com o corpo físico e com esta ponte passando energia para o sistema glandular humano. As glândulas têm grande influência no ser humano e esta meditação atua sobre elas por vibração, impactando o nível mais profundo das células, a cadeia dos átomos e com isso se irradiando sobre todo o corpo.

Sistema Endócrino

O Sistema Endócrino é o conjunto de glândulas responsáveis pela produção dos hormônios que são lançados no sangue e percorrem o corpo até chegar aos órgãos-alvo sobre os quais atuam. Junto com o , o sistema endócrino coordena todas as funções do nosso corpo. O hipotálamo (1) grupo de células nervosas localizadas na base do encéfalo faz a integração entre esses dois sistemas.

Glândulas do Sistema Endócrino

As glândulas endócrinas estão localizadas em diferentes partes do corpo: hipófise, tireóide e paratireóides, timo, suprarrenais, pâncreas e as glândulas sexuais.

Hipófise

A hipófise está localizada no centro da cabeça, logo abaixo do cérebro. Produz diversos hormônios, entre eles, o hormônio do crescimento. É considerada a glândula mestre do nosso corpo, pois estimula o funcionamento de outras glândulas, como a tireóide e as glândulas sexuais. O excesso da produção desse hormônio causa o gigantismo (crescimento exagerado) e a falta provoca o nanismo. Outro hormônio produzido pela hipófise é o antidiurético (ADH), substância que permite ao corpo economizar água na excreção (formação da urina).

Tireóide

A tireóide está localizada no pescoço, produz a tiroxina, hormônio que controla a velocidade do metabolismo celular, na manutenção do peso e do calor corporal, no crescimento e no ritmo cardíaco.

O hipertireoidismo, funcionamento exagerado da tireóide, acelera todo o metabolismo: o coração bate mais rápido, a temperatura do corpo fica mais alta do que o normal, a pessoa emagrece por gastar mais energia. Esse quadro favorece o aparecimento de doenças cardíacas e vasculares, pois o sangue circula com mais pressão. Se não tratada pode provocar o surgimento do bócio (inchaço no pescoço), e também a exoftalmia (olhos saltados).

O hipotireoidismo é quando a tireóide trabalha menos e produz menos tiroxina. Assim, o metabolismo se torna mais lento e algumas regiões do corpo ficam inchadas, o coração bate mais vagarosamente, o sangue circula mais lentamente, a pessoa gasta menos energia, tende a engordar e as respostas físicas e mentais tornam-se mais lentas e se não tratada pode ocorrer o bócio.

Paratireóides

As paratireóides são quatro pequenas glândulas, localizadas atrás da tireóide, que produzem o paratormônio, hormônio que regula a quantidade de cálcio e fósforo no sangue. A diminuição desse hormônio reduz a quantidade de cálcio no sangue e faz com que os músculos se contraiam violentamente. Esse sintoma é chamado de tetania, pois é semelhante ao que ocorre em pessoas com tétano. Por sua vez, o aumento da produção desse hormônio, transfere parte do cálcio para o sangue, de modo que enfraquece os ossos, tornando-os quebradiços.

Timo

O timo está situado entre os pulmões. Produz um hormônio que atua na defesa do organismo do recém-nascido contra infecções. Nessa fase, apresenta um volume acentuado, crescendo normalmente até a adolescência, quando começa a atrofiar. Na idade adulta diminui de tamanho, pois tem suas funções reduzidas.

Suprarrenais

As glândulas suprarrenais situam-se acima dos rins e produz a adrenalina, hormônio que prepara o corpo para a ação. Os efeitos da adrenalina no organismo são:

· Taquicardia: o coração dispara e impulsiona mais sangue para as pernas e braços, aumentando a capacidade de correr ou de se exaltar em situações tensas;

· Aumento da frequência respiratória e da taxa de glicose no sangue, liberando mais energia para as células;

· Contração dos vasos sanguíneos da pele, de modo que o organismo envia mais sangue para os músculos esqueléticos e, por isso, ficamos "pálidos de susto" e também "gelados de medo".

Pâncreas

O pâncreas é uma glândula mista, pois além de hormônios (insulina e o glucagon) produz também o suco pancreático, que é lançado no e desempenha importante papel no corpo.

A insulina controla a entrada da glicose nas células (onde será utilizada na liberação de energia) e o armazenamento no fígado, na forma de glicogênio. A falta ou a baixa produção de insulina provoca o diabetes, doença caracterizada pelo excesso de glicose no sangue (hiperglicemia).

O glucagon funciona de maneira oposta à insulina. Quando o organismo fica muitas horas sem se alimentar, a taxa de açúcar no sangue cai muito e a pessoa pode ter hipoglicemia, que gera a sensação de fraqueza, tontura, levando, em muitos casos, ao desmaio. Nesse caso o pâncreas produz o glucagon, que age no fígado, estimulando a "quebra" do glicogênio em moléculas de glicose. Por fim, a glicose é enviada para o sangue normalizando a hipoglicemia.

Glândulas sexuais

As glândulas sexuais são os ovários e os testículos, que fazem parte do e do respectivamente.

Os ovários e os testículos são estimulados por hormônios produzidos pela hipófise. Assim, enquanto os ovários produzem o estrogênio e a progesterona, os testículos produzem diversos hormônios, entre eles a testosterona, responsável pelo aparecimento das características sexuais secundárias masculinas: barba, voz grave, ombros volumosos etc.

matéria do site

 


      www.todamateria.com.br/sistemaendocrino





O sistema endócrino ou das glândulas atua em todo o corpo humano regulando nossa vida, através da meditação do verbo divino a pessoa lança vibração neste sistema a partir da tireóide e se espalhando por todo o sistema endócrino criando um domínio da alma ativada na meditação sobre o corpo físico.

O resultado é o melhor funcionamento do corpo físico do homem e o aumento das defesas corporais contra as doenças. O homem é rejuvenescido pela meditação e remove todos os bloqueios que atormentam sua vida.

Estudos científicos comprovam os efeitos terapêuticos da meditação sobre o corpo físico do homem e da mulher, atuando sobre todo o sistema endócrino e sobre o sistema nervoso.

Os colapsos nervosos que atingem o homem são adquiridos por causa de uma vida desregrada gerando o stress, também pelo DNA recessivo, herança negativa que herdamos de nossos pais. Quando meditamos nós elevamos destas nossas limitações físicas para um universo superior onde a luz do Criador é irradiada diretamente sobre o nosso corpo físico extinguindo as heranças negativas, o stress, o sofrimento e a tortura levando o homem a um patamar superior. O homem chega a um equilíbrio constante que interfere na sua vida bloqueando seus impulsos negativos.

Meditar é fugir da matéria e receber a luz do Pai diretamente em nosso sistema nervoso e nosso sistema endócrino.

Isso cria um laço perpétuo entre o sagrado e o profano, entre o homem mortal e a realidade imortal dos céus paralelos.

Vamos ensinar uma meditação usando o verbo divino, poderíamos usar várias palavras, mas hoje vamos usar o Zmam Olamot.

Esta expressão significa usar o corpo em adoração ao Pai para entrar nos mundos paralelos. Olamot são mundos paralelos ao físico, os jardins secretos da Cabala.

Sente em silêncio num lugar isolado que pode ser teu quarto desde que feche a porta e ninguém te incomode. Respire calmamente, o mais calmo possível.

Puxe o ar pelo nariz e solte pela boca.

Mantenha os olhos fechados e repita o processo até ficar bem calmo e bem relaxado.

Quando tua mente tiver serena inspire o ar pelo nariz e solte pela boca, muito calmamente. Quando soltar o ar pronuncie a expressão ZMAM OLAMOT.

Pronuncie usando a voz, ao contrário da meditação Devekut que só usa a mente, o pensamento.

Repita esta expressão muito calmamente quando soltar o ar, quantas vezes for possível.

Tu começarás a ter visão neste processo e mais ainda durante a noite, sonhos e outras experiências espirituais. Durante o dia tua vidência do mundo oculto vai aumentar e a noite mais ainda.

Repetindo este processo 10 minutos por dia tu vais entrar em ligação com o verbo divino. Pode mudar o verbo divino, num dia pode usar Kadosh Hashem e em outro Eloheno Melech Ha Olam. O importante é continuar a praticar a meditação e use um caderno para marcar as experiências que tu tiveres, pois com o tempo elas serão muitas.

É muito importante registrar num caderno e procurar ajuda de um Rosh para teu crescimento espiritual, aprendendo com teu despertar interior, mas o Rosh vai te mostrar o significado da linguagem do mundo astral.

Pode me narrar tuas experiências em meu email que prometo ajudar. O email é Hashem vai te revelar grandes segredos, segredos que pastores e padres nunca poderão te ensinar, pois eles são mortais como nós e o Criador que é Eterno têm grandes segredos do universo para partilhar conosco.

Adonai quer partilhar seus mistérios como ele fazia no passado com os profetas seus servos.

Hashem precisa partilhar seus mistérios, pois nada do que foi criado pode ficar parado, estacionado, a glória do pai precisa se expandir iluminando nossa alma efêmera, tornando ela imortal e poderosa.

Pode o sol ficar parado sem emitir sua luz ou seus raios? É claro que é impossível, da mesma forma Hashem que é muito mais poderoso quer partilhar seus mistérios, é preciso para nós apenas sermos vasos.

Quando meditamos nós tornamos um vaso ligado diretamente com o Criador dos mundos.

Tornamos-nos uno com ele quando aperfeiçoarmos nossas técnicas de meditação.

As eras e ciclos passam rapidamente, mas os que estão com o Criador permanecerão para sempre.

A meditação além de elevar a alma também atuará em nosso corpo físico trazendo saúde e bem estar, por isso vale à pena tirar 10 minutos por dia para meditar.

A meditação fortalece o corpo físico e abre em nós os canais de ligação com a alma.

A alma é alimentada pela luz do Eterno na oração, meditação e jejum.

Quando meditamos entramos em contato com a fonte primordial do universo nós nutrindo da luz pura, da luz primordial que tudo criou.

A meditação derruba as barreiras entre a alma e o corpo físico elevando nossa vibração e criando em nós uma nova consciência que passa a perceber a guerra espiritual entre a luz e o caos e participar deste confronto contribuindo para o refinamento do universo e da humanidade.

Meditando estamos nós tornando uma fonte de luz que ilumina tudo a nossa volta, refletindo a luz da Kether do ETERNO.


SAIBA MAIS NESTE LINK

A MEDITAÇÃO DOS ANIMAIS MARINHOS